sexta-feira, 27 de novembro de 2009

“MEU INIMIGO É UMA BENÇÃO!”


Quando cair o teu inimigo, não te alegres, e quando tropeçar, não se regozije o teu coração;
Provérbios: 24: 17

1) INTRODUÇÃO

Que versículo fantástico, maravilhoso, tremendo. Esta é uma palavra que mexe com todos os cristãos, pois muitas vezes o que fazemos é o contrário do a palavra de Deus nos diz.

Quando falo de inimigo, não estou falando do diabo e seus anjos, estou falando de pessoas, seja lá quem for.

Por que não se alegrar com a queda do meu inimigo? Se tudo o que muitas vezes esperamos é ver a queda deles, mas RM-12:19 e 20, nos diz que a vingança pertence a Deus, mas se ele tiver sede e fome dê lhe de comer e de beber. Mas a natureza do homem sempre está desejando ver seu inimigo cair, parecendo até existir uma “macumba” evangélica, quando dizemos, “o Senhor dará o meu inimigo na minha mão” “meu inimigo ainda vai comer na palma da minha mão” “Deus vai pesar a mão”, que coisa feia, talvez depois que você ler esta mensagem seus olhos irão mudar a respeito de seu inimigo, pois com toda convicção, eu quero te dizer, SEU INIMIGO É UMA BENÇÃO! Leia até o fim e verás se falo a verdade!



2) O QUE É INIMIGO?

Se você consultar o dicionário irá encontrar a seguinte definição para a palavra inimigo: adversário; que é contrário; que se opõe. É aquele que luta contra tudo que é de seu interesse, que se opõe contra todo o seu bem. Esse é o inimigo, sujeito que quer ver o seu mau, mas a palavra de Deus no diz que nossa luta não é contra a carne ou contra o sangue (Ef.6:13), isso significa que o verdadeiro adversário é satanás. Mas como já disse e o versículo em epígrafe nos mostra, vamos nos deter nos inimigos carnais, até porque satanás já está derrotado.

A bíblia nos mostra que sempre em Cristo Jesus somos mais que vencedores se tivermos fé, isso nos dará uma condição de conforto.

Foi assim que comecei a olhar para meus inimigos, os vendo como luma benção para minha vida. Pois os que esperam no Senhor voaram com asas de águia, e só se voa com asas de águia que tem olhos de águia, foi assim que passei a olhar estes inimigos, sim MEU INIMIGO É UMA BENÇÃO!



3) VEJAMOS ALGUNS INIMIGOS NA BIBLIA

Amados e queridos irmão, sabemos que a bíblia nos mostra diversos inimigos que se levantaram contra o povo de Israel ou contra os ungidos de Deus, contra pequenos e contra grandes, pessoas que por alimentarem ódio ou por terem a natureza pecaminosa se levantaram e se tornaram inimigos de alguém, mas estes sempre existirão e estarão pertos ou longe, mas a biblia diz que Deus criou o ímpio para o dia mau. Pois se o meu Deus exalta os seus filhos Ele também abate o inimigo, sabemos e dizemos que Deus é bom, e é, mas muitas vezes nos esquecemos que Deus também é Juiz, justo, mas Juiz. Então nunca se esqueça que a vingança pertence ao justo Juiz (RM.12:19), lembre-se que seu inimigo é uma benção na sua vida, pare de reclamar, ou de desejar o mau para seu inimigo, volto a dizer SEU INIMIGO É UMA BENÇÃO.



3.1- Gênesis – 26:12

ISAQUE E OS LADRÕES DE POÇOS

A biblia relata que Isaque, filho de Abraão começou a crescer nas terras de Gerar, e plantando ali se tornou grande e poderoso, causando a inveja dos Filisteus (GN.26:14) que já haviam entulhado os poços que o pai de Isaque havia feito. Notem que o inimigo invejoso também é preguiçoso, não coragem para o trabalho, então começa a dar lugar a inveja. Isaque então começa a descavar os poços entulhados pelos Filisteus, e então chegaram os pastores de e disseram este poço é nosso (v.20) e roubaram de Isaque aquele poço. Você já teve algo valioso roubado por um inimigo? Talvez seu filho foi roubado de você pelas drogas, ou sua filha roubada pela prostituição, ou seu esposo levado pela amante. Sua prosperidade tem incomodado seu inimigo.

Mas Isaque não se deixou ser derrotado pelos filisteus, pelos quais também se foi roubado (v.21), e Isaque partiu dali e cavou outro poço (v.22), mas por este não contenderam, ou seja, este não foi roubado pelo inimigo, e Isaque chamou aquele poço de REOBOTE, que significa o Senhor nos deu largueza, havemos de crescer na terra. Ainda assim creio que este abnegado servo de Jeová em suas orações dizia: MEU INIMIGO É UMA BENÇÃO.



3.2 – Gênesis – 37

OS INIMIGOS DE JOSÉ

A referência que acima é citada mostra um jovem de 17 anos, que por ser amado de seu pai é odiado por seus irmãos, e o versículo ainda acrescenta que eles os dez irmãos de José ainda pelo ódio não podiam falar com ele pacificamente, como é ruim ter um inimigo tão próximo, que dirá dez. Então os irmãos de José o jogam em um buraco com mais de 7m profundidade, você já caiu em um buraco desse? Mas não satisfeitos vendem José para uma caravana de Midianitas, que acorrentam José para o vender como escravo, que sofrimento! José é vendido e como um escravo, longe de casa vai trabalhar na casa de uma prostituta disfarçada de mulher casada, que a bíblia chama de a mulher de Potifar, não merecendo ter o seu nome citado no livro dos livros. Mas aquela inimiga de José acaba o mandando para a cadeia, um lugar mal cheiroso, escuro e cheio de pessoas criminosas. Queridos você já parou para pensar, talvez se José não fosse um servo de Deus seria um antepassado genético de Barrabás. Ainda assim creio que este abnegado servo de Jeová em suas orações dizia: MEU INIMIGO É UMA BENÇÃO.



3.3 – Números – 16

CORÁ, DATÃ E ABIRÃO, INIMIGOS DE MOISÉS.

A bíblia diz que nunca houve outro profeta igual a Moisés, pois com ele O próprio Jeová falava boca a boca com seu servo Moisés, já pensou que intimidade! Mas alguns idiotas ousaram se levantarem e se rebelaram, contra Moisés, estes eram Corá, Datã e Abirão que se juntaram com mais um monte de outros idiotas, que disseram que Jeová não falava só com Moisés, que Moisés não era o escolhido de Deus, mas que Deus falava também com eles, duvidaram da santidade de Moisés, por isso eu os chamo de idiotas, se esqueceram da maravilhas que Deus fez através das mãos de Moisés, dos milagres que Jeová realizou usando a Moisés. Amado irmão, talvez alguém tenha duvidado de seu ministério, comigo foi assim, quando me foi confiado à direção de uma igreja, logo os “anciãos” disseram: “_devemos ter cuidado com este moleque, pois pode colocar o nome da igreja na lama” e hoje a Igreja do Evangelho Quadrangular que mais cresce em minha cidade é a que dirijo. Mas sabe o que aconteceu com os homens que se levantaram contra Moisés? Vou de dizer. Moisés disse para eles, gente vamos fazer o seguinte, se Deus é com vocês, então vocês morrerão de morte natural, mas se Deus é comigo, então a terra se abrirá e comerá todos. Repare que de qualquer maneira eles morreriam, mas o que aconteceu foi que a terra se abriu e engoliu a todos os inimigos de Moisés (Nm.16:29 a 30), indiretamente Moisés estava dizendo: “de que maneira vocês querem morrer”. Triste fim daqueles que se levantam e se declaram inimigos de ungidos do Senhor. Ainda assim creio que este abnegado servo de Jeová em suas orações dizia: MEU INIMIGO É UMA BENÇÃO.



3.4 – Juízes – 6

OS MIDIANITAS, INIMIGOS DE GIDEÃO

Os filhos de Israel caíram em grande desobediência, fizeram o contrário da vontade de Deus que agora estava irado com o povo, e os entregou nas mãos dos midianitas, que toda época de colheita vinham e roubavam a comida de Israel, deixando o povo a mingua. Enquanto isso Jeová procura um que se levante e que tenha capacidade de lutar, mas pela honra de Deus, não pela vontade dos homens, então encontrou um jovem chamado Gideão, humilde, mais valente, pois se você perceber ele malhava trigo no lagar, e lagar é lugar de pisar uvas, ou seja, fazer o vinho, e o lugar de malhar trigo era na eira, pois então o que fazia Gideão ali? Eu te conto a revelação: Gideão acordava na madrugada, ia até aos campos colher o trigo antes que seus inimigos chegassem, levava o trigo para um lugar fechado e ali malhava o trigo conseguindo alimento par ele e sua família. É surpreendente a coragem desse jovem, que sozinho fazia tudo isso, o que chamou atenção do meu Jeová, que enviou um anjo, e segundo os eruditos, era Jesus em uma forma teofânica, que o chamou de varão valoroso. Parece irônico, mas a princípio Gideão não entende, como ser valoroso se sempre era humilhado pelo inimigo. Talvez você também já passou essa vergonha, ou fome, ou miséria, causada pelo seu inimigo, mas Deus te chama de varão valoroso, ainda há em você um potencial que o Senhor está procurando. Então aquele jovem foi escolhido e não teve um grande exército, mas venceu os inimigos com um pequeno grupo de trezentos homens que também eram valorosos. Creia, que seu inimigo será derrotado. Ainda assim creio que este abnegado servo de Jeová em suas orações dizia: MEU INIMIGO É UMA BENÇÃO.



3.5 – I Samuel – 17

GOLIAS, O INIMIGO DE DAVI

Essa você conhece, é sobre Davi, o homem segundo ao coração de Deus. Certo dia seu pai que era mineiro, manda Davi levar uns queijos para os capitães de mil, no Exército de Israel que estava no campo de batalha contra os Filisteus. Isso alegrou a Davi, pois ele veria a derrota dos inimigos de Israel. Chegando no campo de batalha o que Davi vê é um Exército acuado por um gigante, que toda tarde saia e desafiava Israel, dizendo dai-me um homem para que lute comigo. Davi que era um ungido logo se prontificou a lutar com Golias, e confiando no Deus ao qual servia, já na batalha contra o gigante, Davi solta uma pedra que atingiu o único lugar onde Golias poderia ser ferido, o meio da testa. Você acha que a pontaria de Davi era tão boa assim? E mais, a pedra cravou na testa do gigante, você acha que a força de um jovem de 17 anos faria a pedra cravar na testa do gigante? Eu quero te dizer uma coisa, a força é de Jeová, a pontaria é do Espírito Santo, a vitória de no nome de Jesus. Ainda assim creio que este abnegado servo de Jeová em suas orações dizia: MEU INIMIGO É UMA BENÇÃO.



4) CONCLUSÃO

Que coisa interessante é saber que estes e outros valentes da bíblia tiveram os seus gigantes, os seus inimigos, mas conosco não é diferente, também temos inimigos que querem ver nossa derrota, nossa queda, porém é nesta parte da mensagem que este humilde servo de Deus gostaria de lhe confirmar se é ou não é verdade que seu inimigo é uma benção!

VEJAMOS:

*No caso de Isaque, inimigos só lhe fizeram cavar mais poços, mas que na verdade nos mostra que aqueles inimigos colaboraram para a prosperidade e o crescimento de Isaque e todo o seu povo. O QUE SERIA DE ISQUE SEM SEUS INIMIGOS!

*No caso de José, Deus precisava de um homem que seria usado na hora certa e no tempo certo, e José precisava ser preparado, então vem os inimigos, começando por seus irmãos, que lhe jogam no poço, depois os midianitas, depois vai para casa de Potifar, depois para a cadeia e depois se torna o governador do Egito. Viram, os inimigos de José colaboraram para que ele se especializasse nas leis, na língua, nos costumes, na religião, em tudo que lhe seria útil. O QUE SERIA DE JOSÉ SEM SEUS INIMIGOS!

*No caso de Moisés, os rebeldes além de servirem de exemplo e também mostraram para o povo, a intimidade de Moisés com Jeová. Mas estes inimigos mostraram para Moises que sua palavra tinha valor diante de Deus, pois ele era íntimo de Deus, também serviram para edificar a fé de Moisés, que a cada dia crescia mais. O QUE SERIA DE MOISÉS SEM SEUS INIMIGOS!

*No caso de Gideão os midianitas foram os percussores da vitória decisiva de Israel sobre os inimigos, pois os inimigos de Gideão só alimentaram em seu coração o gosto de vitória. Os inimigos de Gideão serviram para fazer dele um grande guerreiro vitorioso. O QUE SERIA DE GIDEÃO SEM SEUS INIMIGOS!

*No caso de Davi, Golias foi essencial para ele, pois se não houvesse o gigante o povo nunca conheceriam aquele baixinho, ruivo de cabelos vermelhos, que virou Rei. O QUE SERIA DE DAVI SEM SEUS INIMIGOS!

SEUS INIMIGOS SÃO DEGRAUS PARA VOCÊ ALCANÇAR SUA VITÓRIA.

Pr. Alexandre Augusto
http://www.webartigos.com/articles/23173/1/meu-inimigo--uma-beno/pagina1.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário