sexta-feira, 4 de junho de 2010

O GRANDE "EU SOU"




1
Não perturbeis o coração,
Porque Eu sempre sou fiel;
Eu fecho a boca do "leão",
Na cova estou com Daniel.

Coro
Sou Eu aquele, o grande “EU SOU”
E, onde estais, também estou;
Não disse, Eu, há muito já:
“Pedi, pedi... dar-se-vos-á”?
Pedi com fé e com fervor
E vos darei o Consolador.

2
Quem tem a fé de Abraão,
O mundo sempre há de vencer;
Quem quer ter firme o coração.
Precisa igualmente crer.

3
Um terremoto e vento, após.
Do céu, um fogo e mui furor.
Ouviu Elias a minha voz,
Voz do Eterno, voz de amor.

4
Um certo dia, Estêvão viu
O céu aberto e viu-me a mim;
Apedrejado, sucumbiu,
Mas foi fiel, até o fim.

5
Firmado em Mim, Rocha Eternal,
Assim jamais o crente cai;
Buscai o dom celestial,
Que vem da casa de Meu Pai.



BEULAH LAND

1
I’ve reached the land of corn and wine,
And all its riches freely mine;
Here shines undimmed one blissful day,
For all my night has passed away.

Refrain
O Beulah Land, sweet Beulah Land,
As on thy highest mount I stand,
I look away across the sea,
Where mansions are prepared for me,
And view the shining glory shore,
My Heav’n, my home forever more!

2
My Savior comes and walks with me,
And sweet communion here have we;
He gently leads me by His hand,
For this is Heaven’s border land.

3
A sweet perfume upon the breeze,
Is borne from ever vernal trees,
And flow’rs, that never fading grow
Where streams of life forever flow.

4
The zephyrs seem to float to me,
Sweet sounds to Heaven’s melody,
As angels with the white robed throng
Join in the sweet redemption song.

http://harpadigital.jimdo.com/%C3%ADndice/084-o-grande-eu-sou/

Nenhum comentário:

Postar um comentário