segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Novas frases incorretas do universo gospel

Retirei esta frase de um Facebook de um pastor conhecido no Brasil: Sucesso verdadeiro é quando se consegue trazer dentro de si o potencial de formação de novas realidades.





Me intriga profundamente a busca das igrejas neopentecostais pelo sucesso. Ter sucesso parece ser a única coisa que realmente importa.

Como viver o evangelho nestes tempos se você não é um sucesso? E se você é um sujeito comum como eu, dirigindo um táxi para ganhar seu dinheiro e sustento, você é um sucesso?

Não me canso de pensar nos pregadores que semeiam o evangelho nas favelas, no sertão, ou no cerrado, em cidades onde o máximo que se recebe de "oferta" muitas vezes é a comida que se come. Homens e mulheres que gastam suas vidas pela obra e em favor do Reino.
Para a nova geração de pregadores e crentes neopentecostais esta gente é um fracasso. Porque não são capazes de "crias uma nova realidade". Mas como homens caídos podem criar novas realidades sem Cristo? Como transmitir novo potencial sem se lembrar do preço da Cruz?
As frases de efeito estão substituindo a mensagem de Jesus. Do tipo: você precisa acreditar em você mesmo; você possui um poder inigualável dentro de você; se participar desta campanha e fizer este movimento, sua vida nunca mais será a mesma.
A exposição da Bíblia está sendo substituída pela exposição do pensamento humanista e centrado no próprio homem. Um espiritismo às avessas, um cruel arremedo de fé, mas que tem conquistado milhares. E por que? Porque responde aos anseios secretos do coração enganoso do homem.
Deixo uma frase correta para você meditar esta semana: Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que salte para a vida eterna (João 4.14)
Somente em Jesus podemos viver uma realidade de vida diferente.
Graça e paz, sempre.


Fonte:
http://marcusviniciuscomenta.blogspot.com/2010/09/novas-frases-incorretas-do-universo.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário