quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Agostinho – A Oração é o Caminho da Alegria Soberana




- O lugar da oração na busca da alegria-

O remédio proveniente da parte de Deus para esta condição de "frieza" é o despertar gracioso de uma alegria soberana. Mas da parte do homem é a oração e a manifestação do próprio Deus como infinitamente mais desejável do que toda criação. Não é por mero artifício literário que todas as páginas das Confissões tenham sido escritas como uma oração. Todas as sentenças são dirigidas a Deus. Isso é espantoso e exigiu uma enorme disciplina literária de Agostinho, para não cair em qualquer outro gênero. O ponto principal dessa disciplina é o fato de Agostinho ser completamente dependente de Deus para o despertar do amor a Deus. E não é coincidência que as orações de Mônica, mãe de Agostinho, impregnem as Confissões. Ela suplicou por ele quando este não era capaz de rogar por si mesmo.

Agostinho nos aconselha: "Repita com o salmista: 'Uma coisa pedi ao Senhor, é o que procuro: que eu possa viver na Casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a bondade do Senhor e buscar sua orientação no seu templo"' (SI 27.4). Ele então afirma: "A fim de que possamos viver esta vida feliz, ele, que é a verdadeira vida santa, nos tem ensinado a orar".64 Agostinho nos mostrou a maneira como orava pelo triunfo da alegria em Deus: "O Deus, que eu possa te amar [Livremente],

pois não posso achar nada mais precioso. Não desvies tua face de mim, para que possa achar o que procuro. Não rejeites em ira teu servo, para que ao te procurar não corra atrás de outrem (...) Sê tu meu auxílio. Não me deixes, nem me desampares, O Deus meu Salvador".

As orações de sua mãe tornaram-se a escola na qual aprendeu coisas profundas a respeito das palavras de Jesus em João 16.24. "Até agora vocês não pediram nada em meu nome. Peçam e receberão, para que a alegria de vocês seja completa." A oração é o caminho para a plenitude da alegria soberana. Mas que estranho e tortuoso caminho! Mônica havia aprendido a paciên¬cia através da dor de orações que por muito tempo não foram respondidas. Por exemplo, seu marido, Patricius, foi-lhe infiel. Mas Agostinho relembra nas Confissões que "a paciência dela era tão grande que a infidelidade dele nunca se tornou rixa entre eles. Pois ela olhava para ti, para que tu viesses a demonstrar-lhe ma misericórdia, para que a castidade viesse por meio da fé (...) Por fim, ela o conquistou para ti [O Deus], um convertido nos últimos dias de sua vida aqui na Terra".

Ficaria comprovado que a mesma coisa ocorreria com seu filho. Mônica, disse Agostinho, "chorava por mim, mais do que as mães choram a morte física dos filhos". Quando seu filho era um herético maniqueísta, Mônica procurou a ajuda de um velho bispo. O conselho dele não foi aquilo que ela gostaria de ouvir. Ele também havia sido um maniqueísta, mas já havia percebido sua própria insensatez. "Deixe-o onde está", disse a ela. "Limite-se a orar por ele ao Senhor; ele descobrirá por si mesmo, através da leitura, o erro e toda impiedade desta doutrina (...) Vá e viva em paz, pois é impossível que possa perecer o filho destas lágrimas".

Com 16 anos, em 371, logo após a morte de seu pai, Agostinho safou-se de sua mãe em Cartago e navegou para Roma. "De noite, parti secretamente, deixando-a sozinha com suas lágrimas e suas orações". Como foram estas orações respondidas? Não da maneira esperada por Mônica naquela época. Somente mais tarde ela pôde ver as verdades das palavras de Jesus concretizadas em sua vida: que a oração é o caminho para a mais profunda alegria. "Que te pedia ela, ó Deus, com tantas lágrimas, senão que impedisses a minha viagem? Mas tu, em teus misteriosos desígnios, escutando o ponto vital de seus desejos, não atendeste ao que ela te pedia, exatamente para realizares em mim a aspiração das suas contínuas preces".

Mais tarde, logo após sua conversão, ele relatou para sua mãe o que Deus havia realizado em resposta a suas orações:

Fomos imediatamente à minha mãe e lhe contamos o sucedido [minha conversão]. Ela ficou radiante de felicidade. E, ao descrevermos tudo quanto me havia acontecido, exultante e triunfante ela te glorificou, tu que és suficientemente poderoso e mais do que suficientemente poderoso para executar teus propósitos além de nossos sonhos e expectativas. Pois ela verificou que lhe havias concedido muito mais do que havia pedido com lágrimas em suas orações e lamentações. De tal maneira me convertestes a ti, que já não procurava esposa, nem colocava esperança alguma nas coisas terrenas, mas permaneci firme na fé. Transformastes sua tristeza em regozijo. Alegria mais completa do que seu desejo mais elevado, mais doce e mais pura e casta do que poderia esperar de filhos nascidos da minha carne.

Essa foi a lição que Agostinho aprendeu da ininterrupta labuta de oração de sua mãe. Não aquilo que ela pensava ser seu desejo imediato, mas o que ela mais profundamente desejava, algo duradouro — Deus lhe deu "gozo mais profundo do que seu desejo mais precioso". "Peçam e receberão, para que a alegria de vocês seja completa" (João 16.24).

Coração Nordestino



Vem Jesus liberte o coração do nordestino
Do homem, do menino que nasceu aqui.
Vem Jesus transforme, mude sua história faz ele feliz!

Do menino que brinca de baleadeira, da mulher rendeira lá do Ceará...
Do homem boiadeiro que canta toada para não chorar...
A seca castiga e o gado morre, e o rio é dos olhos teus
Meu Nordeste carente, povo tão valente,
Deus ama você.

Vem Jesus...

Ceará, Alagoas, Paraíba, Sergipe,
Pernambuco, Bahia...
Rio Grande do Norte, Piauí, Maranhão
Eita terra linda...
Meu Jesus morreu também pelo Nordeste, pelo Sertão,
Pelo Agreste, pelo sanfoneiro
Pelo homem sem escola, homem sem vitória
Pelo violeiro...

Vem Jesus...

Nordestino querido você que me escuta
Pelo Sertão, pela cidade
Jesus Cristo deseja encher tua vida
De felicidade...
Meu Jesus morreu também pelo Nordeste, pelo Sertão,
Pelo Agreste, pelo sanfoneiro
Pelo homem sem escola, homem sem vitória
Pelo violeiro..




Oração da Noite


Finda-se este dia que meu Pai me deu,
Sombras vespertinas cobrem já o céu,
Oh! Jesus Bendito, se comigo estás,
Eu não temo a noite, vou dormir em paz...

Com os pecados de hoje, eu te entristecí,
Mas perdão Te peço, por amor de Ti,
Sou Teu pequenino, livra-me do mal
E em sossego alcanço gozo natural...

Guarda o marinheiro do violento mar,
E ao que sofre dores, queiras confortar,
Ao tentado estende Tua mão, Senhor,
Manda ao triste e aflito, o Consolador...

Pelos pais e amigos, pela santa lei,
Pelo amor divino, graças Te darei,
Oh! Jesus aceita, minha petição,
E seguro eu durmo, sem hesitação...


Achei um Bom Amigo



Achei um bom amigo,
Jesus, o Salvador,
O escolhido dos milhares para mim;
Dos vales é o lírio; é o forte Mediador,
Que me purifica e guarde para Si,
Consolador amado, meu protetor do mal,
Solicitude minha toma a Si.

Consolador amado, meu protetor do mal,

Solicitude minha toma a Si,
Dos vales é o lírio, a estrela da manhã,
O escolhido dos milhares para mim.

Levou-me as dores todas,
As mágoas lhe entreguei;
Minha fortaleza é, na tentação.
Deixei, por Ele tudo; os ídolos queimai;
Ele me conserva santo o coração,

Consolador amado, meu protetor do mal,
Solicitude minha toma a Si,yeah
Dos vales é o lírio, a estrela da manhã,
O escolhido dos milhares para mim.











Por que Deus decretou o Mal? - Jonathan Edwards (1703-1758)

É algo apropriado e excelente que a infinita glória de Deus resplandeça; e pela mesma razão, é apropriado que o brilho da glória de Deus seja completo; isto é, que todas as partes de sua glória devam resplandecer, que cada beleza deva ser proporcionalmente fulgurante, a fim de que aquele que olha tenha uma noção adequada de Deus. Não é apropriado que uma glória deva ser excessivamente manifesta , e outra não ...


fonte: http://www.josemarbessa.com/2010/09/por-que-deus-decretou-o-mal-jonathan.html

Grato a Ti


Ó meu Senhor, dá-me mais gratidão,
Por tudo que Tu fizeste por mim
Por Tua graça no meu coração,
Que me encheu de ventura sem fim!

Mais grato a Ti , mais grato a Ti.
Mais consagrado, ó faz-me, Senhor!
Mais humilhado e cheio de amor,
Faz-me mais grato a Ti, mais grato a Ti!

De graça deste ao meu coração
A santidade, a paz e a fé;
Gozo celeste e consolação,
E liberdade de estar aos Teus pés.

Ó meu Senhor, Tu fizeste por mim,
O que ninguém poderia fazer;
Na cruz pregado verteste, assim,
Sangue, no qual sempre posso vencer!

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Satanás perde mesmo quando parece Ganhar - E. Lutzer




Após sabermos que Satanás é limitado pelo poder de Deus, achamos que o Senhor deveria confinar seu papel a relativamente poucas batalhas sobre a Terra: uma ocasional agitação aqui, um ataque ali... Muitas pessoas ficam surpresas ao descobrir que Satanás é autorizado a causar cegueira espiritual nas mentes daqueles que não aceitam as boas-novas do Evangelho. Paulo escreveu que a Palavra de Deus está encoberta para os que perecem, "nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus" (2 Co 4.4).

Se esse texto não convencê-lo de que Satanás está autorizado a obliterar a capacidade dos não-salvos de ouvir o Evangelho, considere as palavras de Jesus. Ele disse que a Palavra de Deus é como uma semente plantada em diferentes tipos de solo. Um deles é tão duro que a semente não pode penetrar, de maneira alguma. Eis a explicação de Jesus: "Os que estão junto ao caminho são aqueles em quem a palavra é semeada. Tendo-a eles ouvido, vem logo satanás, e tira a palavra que foi semeada nos seus corações". (Mc 4.15). O diabo pode remover alguns pensamentos de dentro de suas mentes!

Qual é o propósito de Deus nessa obra do inimigo? É afirmar que todos nós servimos a algum tipo de deus. Se não estamos unidos ao verdadeiro Deus por meio de Cristo, seremos enganados pelo falso: Satanás. Temos que andar na luz, caso contrário, seremos dominados pelas trevas. Aqueles que endurecem o coração descobrem que ele foi duplamente endurecido.

Essa cegueira, contudo, está sujeita à vontade e aos propósitos de Deus. No caso daqueles que crêem, o Senhor cura sua cegueira espiritual com a luz do Evangelho e nada há que o diabo possa fazer a respeito. Mil demônios não podem impedir uma alma de crer em Cristo. Esse poder foi a chama que acendeu a imaginação de Charles Wesley quando ele escreveu:

Há muito tempo meu espírito, aprisionado,
estava firmemente amarrado em pecado e
trevas; no entanto, teus olhos espalharam um rápido raio.
Eu acordei e o calabouço se encheu de luz;
Minhas correntes caíram e meu coração ficou livre.
Eu levantei, vim para fora e te segui.

Qual é o nosso papel em ajudar as pessoas a "ver a luz"? A resposta é: compartilhar as boas-novas do Evangelho com elas. Paulo diz que essa mensagem é "o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê; primeiro do judeu e também do grego" (Rm 1.16). Precisamos depender do Espírito Santo para fazer o que não podemos; Jesus nos garantiu que os que foram dados a Ele pelo Pai certamente virão a Ele e serão bem recebidos (Jo 6.35).

O fato de Deus ter dado uma fração de poder a Satanás, nas mentes dos não-convertidos, não deve nos desencorajar de explicar-lhes o Evangelho. Não importa quão cego ou morto espiritualmente um indivíduo possa estar; confiamos na habilidade de Deus para abrir seu coração. Quer o Evangelho seja aceito ou não, nossa pregação sempre será usada de alguma maneira por Deus.

Usando a ilustração dos desfiles triunfais na antiga Roma, Paulo escreveu que nós sempre marchamos em triunfo e o aroma da nossa vitória agrada o coração daqueles que pertencem a Deus, mas é uma maldição para os perdidos: "Pois para Deus somos o bom cheiro de Cristo, tanto nos que se salvam, como nos que se perdem. Para estes certamente cheiro de morte para morte, mas para aqueles cheiro de vida para vida. Mas, para estas coisas quem é idôneo?" (2 Co 2.15,16).

Superficialmente, pensamos que a medida do controle que Satanás tem na vida dos não-convertidos serve aos seus próprios interesses. Afinal, o que poderia agradá-lo mais do que cegar as pessoas para não enxergar a luz de Deus? Nós, contudo, já aprendemos que, mesmo quando busca seus próprios objetivos, a serpente na verdade realiza os propósitos de Deus. O Todo-Poderoso tem seu plano, o qual é colocado em prática e inclui o julgamento e a punição dos não-convertidos. Afirmamos com convicção que Satanás não pode ditar ordens para Deus, mas Deus sempre dita as ordens para ele.
Ser o instrumento do juízo de Deus na vida dos não-convertidos é servir a Deus. E quando lembramos que o próprio diabo será condenado pelo que faz, embora realize isso com a permissão de Deus, vemos que Satanás perde, mesmo quando parece que está ganhando.

Fonte:
http://www.josemarbessa.com/2010/09/satanas-perde-mesmo-quando-parece.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+blogspot/CBGG+(JOSEMAR+BESSA)

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Jesus Tu És Bom


Meu Jesus, Tu és bom;
Tu és tudo pra mim!
Foste morto, mas vives em mim;
Tu mereces louvor,
Ó Cordeiro de Deus!
Tu és tudo, sim, tudo p'ra mim!
Quero a Ti dar louvor,
Pois és Rei sobre reis;
Tu és tudo, mas nada eu sou;
Enche meu coração
De ternura e paz;
Honra eterna e glória Te dou.
O Teu nome é amor,
Pois Tu amas a mim,
E eu quero andar neste amor;
Triunfante estou,
Confiando em Ti,
Meu Jesus, grande Consolador.
Ó Ungido de Deus,
Trazes paz e perdão;
Salvação, vida, tens para os Teus;
Que mensagem do céu
E de transformação,
Enviada do trono de Deus!







segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Estratégias para Lutar contra a Lascívia




ESTOU PENSANDO EM HOMENS E MULHERES. PARA OS homens, isto é óbvio. A necessidade de lutar contra o bombardeamento de tentações visuais para nos fixarmos em imagens sexuais é urgente. Para as mulheres, isto é menos óbvio, porém tal necessidade se torna maior, se ampliamos o escopo da tentação de alimentar imagens ou fantasias de relacionamentos. Quando uso a palavra "lascívia", estou me referindo principalmente à esfera dos pensamentos, imaginações e desejos que visualizam as coisas proibidas por Deus e freqüentemente nos levam a conduta sexual errada.

Não estou dizendo que o sexo é mau. Deus o criou e o abençoou. Deus tornou o sexo agradável e definiu um lugar para ele, a fim de proteger sua beleza e poder — ou seja, o casamento entre um homem e uma mulher. Mas o sexo tornou-se corrompido pela queda do homem no pecado. Portanto, temos de exercer restrição e fazer guerra contra aquilo que pode nos destruir. Em seguida, apresentamos algumas estratégias para lutar contra desejos errados.

EVITAR — evite, tanto quanto for possível e sensato, imagens e situações que despertam desejos impróprios. Eu disse "tanto quanto possível e sensato", porque às vezes a exposição à tentação é inevitável. E usei os termos "dese¬jos impróprios" porque nem todos os desejos por sexo, alimento e família são maus. Sabemos quando tais desejos são impróprios, prejudiciais e estão se tornando escravizantes. Conhecemos nossas fraquezas e o que provoca tais desejos. Evitar é uma estratégia bíblica. "Foge, outrossim, das paixões da mocidade. Segue a justiça" ( 2 Tm 2.22). "Nada disponhais para a carne no tocante às suas concupis¬cências" (Rm 13.14).

NÃO — diga "não" a todo pensamento lascivo, no espaço de cinco segundos.1 E diga-o com a autoridade de Jesus Cristo. "Em nome de Jesus: Não!" Você não tem mais do que cinco segundos. Se passar mais do que esse tempo sem opor-se a tal pensamento, ele se alojará em sua mente com tanta força, a ponto de se tornar quase irremovível. Se tiver coragem, diga-o em voz alta. Seja resoluto e hostil. Como disse John Owen: "Mate o pecado, se não ele matará você".2 Ataque-o imediatamente, com severidade. "Resisti ao diabo, e ele fugirá de vós" (Tg 4.7).

VOLTAR — volte seus pensamentos forçosamente para Cristo, como uma satisfação superior. Dizer "não" será insuficiente. Você tem de mover-se da defesa para o ataque. Combata o fogo com fogo. Ataque as promessas do pecado com as promessas de Cristo. A Bíblia chama a lascívia de "concupiscências do engano" (Ef 4.22). Tais concupiscências mentem. Prometem mais do que podem oferecer. A Bíblia as chama de "paixões que tínheis anteriormente na vossa ignorância" (1 Pe 1.14). Somente os tolos cedem a elas. "Num instante a segue, como o boi que vai ao matadouro" (Pv 7.22). O engano é vencido pela verdade. A ignorância é derrotada pelo conhecimento. E tem de ser uma verdade gloriosa e um conhecimento formoso. Esta é razão por que escrevi o livro Vendo e Provando a Cristo (Seeing and Proving Christ— Crossway, 2001). Preciso de breves retratos de Cristo para me manter despertado, espiritualmente, para a sublime grandeza do Senhor Jesus. Temos de encher nossa mente com as promessas e os deleites de Jesus. E volvermo-nos imediatamente para tais promessas e deleites, depois de havermos dito "não".

MANTER — mantenha, com firmeza, a promessa e o deleite de Cristo em sua mente, até que expulsem a outra imagem. "Olhando firmemente para... Jesus" (Hb 12.2). Muitos fracassam neste ponto. Eles desistem logo. Dizem: "Tentei expulsar a fantasia, mas não deu certo". Eu lhes pergunto: "Por quanto tempo fizeram isso?" Quanta rigidez exerceram em sua mente? Lembre: a mente é um músculo. Você pode flexioná-la com violência. Tome o reino de Deus por esforço (Mt 11.12). Seja brutal. Mantenha diante de seus olhos a promessa de Cristo. Agarre-a. Agarre-a! Não a deixe ir embora. Continue segurando-a. Por quanto tempo? Quanto for necessário. Lute! Por amor a Cristo, lute até vencer! Se uma porta automática estivesse para esmagar seu filho, você a seguraria com toda a sua força e gritaria por ajuda. E seguraria aquela porta... seguraria... seguraria... Jesus disse que muito mais está em jogo no hábito da lascívia (Mt 5.29).

APRECIAR — aprecie uma satisfação superior. Cultive as capacidades de obter prazer em Cristo. Uma das razões porque a lascívia reina em tantas pessoas é porque Cristo não lhes é muito cativante. Falhamos e somos enganados porque temos pouco deleite em Cristo. Não diga: "Esta conversa espiritual não é para mim". Que passos você tem dado para despertar sua afeição por Cristo. Você tem lutado por encontrar gozo? Não seja fatalista. Você foi criado para valorizar a Cristo — de todo o coração — mais do que valoriza o sexo, o chocolate ou o açúcar. Se você tem pouco desejo por Cristo, os prazeres rivais triunfarão. Peça a Deus que lhe dê a satisfação que você não tem. "Sacia-nos de manhã com a tua benignidade, para que cantemos de júbilo e nos alegremos todos os nossos dias" (SI 90.14). E olhe... olhe... e continue olhando para Aquele que é a pessoa mais magnificente do universo, até que você o veja da maneira como Ele realmente é.

MOVER — mova-se da ociosidade e de outros comportamentos vulneráveis para uma atividade útil. A lascívia cresce rapidamente no jardim da ociosidade. Encontre algo útil para realizar, com todas as suas forças. "No zelo, não sejais remissos; sede fervorosos de espírito, servindo ao Senhor" (Rm 12.11); "Sede firmes, inabaláveis e sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o vosso trabalho não é vão" (1 Co 15.58). Seja abundante em atividades. Faça alguma coisa: limpe um quarto, pregue uma tábua, escreva uma carta, conserte uma torneira. E faça tudo por amor a Jesus. Você foi criado para administrar e trabalhar. Cristo morreu para nos tomar zelosos "de boas obras" (Tt 2.14). Substitua as concupiscências e paixões enganosas por boas obras.

Pai de misericórdias, quão freqüentemente Deixamos de lutar contra a lascívia. Temos abraçado o inimigo que faz guerra contra a nossa alma. Perdoa-nos, de acordo com tua promessa de ser Tardio em ira e abundante em misericórdia. Vem agora e dá-nos nova determinação Novo poder e nova visão de tuas Promessas e de teu supremo valor. Sacia-nos de manhã com a tua benignidade Destrói a raiz de nossa lascívia com um prazer superior. Em nome de Jesus, oramos. Amém.

domingo, 26 de setembro de 2010

Hoje é tudo o que temos


Leitura bíblica: Mateus 6:25-34

Versículo-chave: “Portanto, não vos inquieteis com o dia de amanhã, pois o amanhã trará os seus cuidados; basta ao dia o seu próprio mal.” (Mateus 6:34)

Meditação: Um dos aspectos mais perturbadores da ansiedade é a preocupação com o futuro. Soren Kierkegaard disse: “Que é a ansiedade? É o dia seguinte”. O capítulo ainda não escrito de nossa vida é que perturba a maioria de nós. Jesus nos oferece a solução: deixe que o amanhã cuide de si; viva hoje ao máximo. A mensagem de Cristo é que se vivermos hoje da maneira que ele sugere, o amanhã será mais glorioso do que jamais ousamos imaginar, pois o que fazermos hoje está inseparavelmente relacionado com o que acontecerá amanhã. Podemos influenciar o futuro através de como lidamos com o que está acontecendo. Jesus diz que há oportunidade suficiente hoje para vermos o seu poder em operação contra o mal. Concentre-se nessa realidade e o amanhã será uma oportunidade de êxito. Uma vez que o nosso “amanhã” último, a vida eterna, esteja seguro, podemos viver sem reservas cada dia.

A maioria de nós se preocupa tanto com o futuro que não desfruta o presente. Preocupamo-nos com o que virá e falhamos em experimentar o que é. Prosseguimos em preparação como se um novo plano, relacionamento ou oportunidade tornará tudo diferente. É bom fazer planos, mas não ao ponto de esquecer da voz de Deus nos momentos mais difíceis da vida.

As sementes da colheita do amanhã são plantadas hoje. A maneira de as cultivarmos é que determinará o que colheremos. Não se esqueça de viver... HOJE!

Pensamento do dia: Hoje é tudo o que temos. Não se esqueça de viver!

(Lloyd John Ogilvie, “O que Deus tem de melhor para a minha vida”, Ed. Vida, meditação de 19 de agosto)

Glorificar a Deus para Sempre - Thomas Watson (1620-1686)








Qual o fim principal do homem?

O fim principal do homem é glorificar a Deus e deleitar-se nele para sempre.

Nessa pergunta são representadas duas finalidades específicas para a vida:...

2º Vídeo da Série Baseada no Cássico – A Body of Divinity – de Thomas Watson – Considerada uma das maiores obras da era dos gigantes Puritanos.



quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Ficha Limpa: o papel do STF em jogo



Mirella D'Elia e Gabriel Castro, de Brasília, e Adriana Caitano,

Ao pôr sobre a mesa uma discussão inusitada a respeito da maneira como a Lei da Ficha Limpa tramitou no Congresso, e com isso questionar a sua constitucionalidade, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cezar Peluso, fez lembrar, nesta quarta-feira, os velhos tempos de uma corte formalista, que se apegava a tecnicalidades para deixar de atacar, na essência, os problemas que de fato interessam à sociedade. Não se trata, obviamente, de pedir que os juízes esqueçam a lei, mas sim de esperar que eles desempenhem de maneira plena o seu papel institucional - neste caso, retirar das eleições uma enorme dose de incerteza, esclarecendo de uma vez por todas a situação de um grande número de candidaturas. Peluso levantou a hipótese de que a Lei da Ficha Limpa seria inconstitucional porque o texto foi mudado no Senado - o que tornaria necessária a uma nova votação na Câmara. A questão nada tem a ver com o que de fato está em jogo: se a lei vale para esta eleição, se ela tem efeito retroativo ou fere o princípio da presunção de inocência (segundo o qual ninguém pode ser considerado culpado de uma acusação até uma decisão em última instância sobre um processo). Depois da intervenção do presidente, o novato José Antonio Dias Toffoli fez um pedido de vista, adiando a solução do caso. Divisão - A manobra de Peluso pôs o plenário em polvorosa. Colegas do presidente, até mesmo aqueles que sinalizam ser contra a adoção da Lei da Ficha Limpa neste ano eleitoral, como Marco Aurélio Mello, afirmaram que o questionamento era inoportuno e ilógico - pois apenas numa Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) caberia a discussão levantada por Peluso. Presidente do TSE, Ricardo Lewandoski fez coro às declarações de Marco Aurélio, mesmo tendo posição oposta a dele. "Não foi ajuizada Adin. A Mesa da Câmara e do Senado não fizeram isso", disse. O relator do processo, Carlos Ayres Britto, foi além. Depois de afirmar, no julgamento, que os argumentos de Peluso são um "salto triplo carpado hermenêutico", foi irônico ao deixar o plenário. "Prefiro não falar, senão vou ter de usar uma metáfora pior do que já usei", comentou com jornalistas, enquanto deixava o plenário. Repercussão - Relator do projeto na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Demóstenes Torres (DEM) concorda. Ele considera que Peluso cometeu "uma bobagem" e que está "totalmente equivocado". O senador explica que as alterações no texto do projeto de lei foram feitas para padronizar os tempos verbais. “Como a emenda é de redação, ela não precisa voltar para a outra casa. Só emenda de mérito tem de fazer esse caminho”, afirma o senador. Segundo ele, o questionamento vai ser derrubado por unanimidade. “Tenho certeza que o próprio ministro Peluso, ao atentar para o que aconteceu no Senado, vai retroceder no seu posicionamento”. Presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Mozart Valadares chama a atenção para o papel político que deve ser desempenhado pelo Supremo. "Há uma interrogação muito grande diante da lei e a sociedade espera um pronunciamento o mais rápido possível". Hipóteses - Se o ministro Dias Toffoli devolver o processo ao plenário nesta quinta-feira, como afirmou que faria, é provável que a corte chegue ao fim do julgamento, isolando Peluso. Há três hipóteses de resultado: a primeira seria a aprovação da lei e a validade imediata da medida, como defende o relator, Carlos Ayres Brito. A segunda é a defendida por Cezar Peluso: a derrubada total da lei, que seria inconstitucional. A terceira opção é a manutenção da lei, mas com validade a partir das eleições seguintes à deste ano. Na avaliação do cientista político Antonio Augusto Queiroz, do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), este é o caminho mais provável. “O cenário mais otimista seria a aceitação da constitucionalidade da lei, mas sem a aplicação imediata”.


IMPORTA NASCER DE NOVO


A Bíblia é bem clara sobre a necessidade de uma pessoa nascer de novo para receber a vida eterna. Jesus cunhou esse termo em João 3:3-7, quando disse ao líder religioso Nicodemos: “Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.” Como essa necessidade é tão importante, Satanás a tem atacado com todo o seu poder nos últimos dois mil anos, fazendo a maioria das igrejas cristãs deixar de ensinar essa doutrina, apesar de que ninguém pode ser salvo sem passar por essa maravilhosa conversão espiritual. No entanto, a arma mais eficiente de Satanás contra a doutrina do Novo Nascimento sempre foi a confusão.

Felizmente, Jesus tornou esse processo de transformação bem simples, tão simples que todas as pessoas, independente de seu grau de instrução ou de inteligência, podem compreender. Existem vários passos para nascer de novo e eles estão relacionados a seguir:

1. Compreenda que TODOS os homens nascem pecadores. Romanos 3:23, diz “Pois todos pecaram e carecem da glória de Deus.” Essa mensagem que todos os homens são pecadores é amplamente repetida nas Escrituras, tanto no Velho quanto no Novo Testamento. Isso significa que você é um pecador diante dos olhos de um Deus que é santo e que precisa punir todo o pecado. Você reconhece que é um pecador?

2. Como todo homem é um pecador imperfeito, e Deus é um Deus perfeito, nenhum homem pode salvar a si mesmo. Jesus deixou esse fato bem claro em Mateus 5:48, quando disse: “Portanto, sede vós perfeitos, como perfeito é o vosso Pai celeste.” Se todos precisamos ser perfeitos aos olhos de Deus, como alguém poderá ir ao céu, especialmente se a Bíblia declara diversas vezes que TODOS são pecadores? Obviamente, ninguém irá ao céu assim, tentando ser bom para merecê-lo. Como a Bíblia diz que milhões de pessoas estarão no céu, deve haver outro modo de chegar lá, além de tentar ser bom o suficiente.

Você precisa estar arrependido dos seus pecados e querer obter o perdão. Isso se chama Arrependimento. A palavra arrependimento significa que você se arrepende dos pecados passados e que não quer pecar mais. Arrependimento significa o desejo de dar uma volta de 180 graus em sua vida. Não significa que você nunca mais pecará, mas significa que o pecado será uma exceção na sua vida, não a regra. Não se preocupe — o Espírito Santo de Deus lhe dará o poder espiritual para se transformar nesse tipo de pessoa.

3. Jesus Cristo, oferecendo seu sangue derramado no Calvário, morreu como um sacrifício substituto pelos seus pecados, e agora está oferecendo vida eterna no céu para você como um Dom Gratuito!! Parece bom demais para ser verdade? Em Romanos 6:23, temos:“Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor.” A vida eterna é um dom, um dom gratuito, de Deus por meio do sacrifício de Jesus na cruz. Você não pode comprar a vida eterna, e com certeza não a merece, mas ela é oferecida como um DOM GRATUITO.

4. Em Efésios 2:8-9, o apóstolo Paulo reitera esse ensino que a vida eterna com Deus é um dom gratuito. “Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie.” Nenhum homem poderá estar diante de Deus na eternidade, e se gloriar que “comprou” sua entrada no céu. Ao contrário, todas as pessoas no céu estarão ali somente por causa do Dom GRATUITO de Deus, que Jesus obteve com sua morte em nosso lugar na cruz. Em vez de punir os pecados individuais de cada pessoa, Deus acumulou esses pecados sobre Jesus quando Ele estava na cruz. [Isaías 53:2-12].

Agora, você provavelmente está pensando, ‘Como posso receber esse dom gratuito da vida eterna?’ Em Atos 16:25-33, o carcereiro perguntou a Paulo, “O que devo fazer para que seja salvo?” Paulo respondeu: “Crê no Senhor Jesus Cristo, e serás salvo, tu e tua casa.”Você precisa CRER em Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador pessoal. Para crer realmente, você precisa colocar toda sua fé e confiança em Cristo e depender somente dEle como sua única esperança de salvação e de vida eterna. Essa é uma questão de crer no coração e você não pode fingir e enganar a Deus, pois Ele sabe tudo a seu respeito. Muitas pessoas erroneamente pensam que aceitando os fatos acerca da morte, sepultamento e ressurreição de Jesus Cristo, automaticamente receberão o dom da vida eterna. No entanto, esse não é o caso. Normalmente, os pregadores chamam isso de “conhecimento mental, mas sem aceitação no coração”. A salvação é dada gratuitamente, mas somente para aqueles que creram genuinamente.

5. Em João 1:1,14, vemos que Jesus Cristo é Deus, igual com Deus, presente com Deus antes do início dos tempos, e o verdadeiro criador do Universo e de tudo o que nele há. Jesus fez repetidamente essa afirmação durante seu ministério. Ele é 100% Deus e 100% humano ao mesmo tempo, e é essa a razão pela qual Ele usou ambos os títulos durante seu ministério, Filho de Deus e Filho do homem. Para nascer de novo, você precisa crer nessa doutrina acerca de Jesus Cristo.

O verso 14 é o mais importante, o ensino que o Filho de Deus, Jesus Cristo, tornou-se homem. Esse ensino torna-se um ponto de separação entre os seguidores de Cristo e do Anticristo. Em 1 João 4:1-3, vemos que se alguém nega que Jesus veio em carne tem o espírito do Anticristo. Logicamente, isso era exatamente o que os gnósticos daquele tempo estavam dizendo, isto é, que o Jesus humano não era o Deus Messias vindo em carne; em vez disso, a ‘Consciência do Cristo’ a Consciência do Messias veio sobre Jesus por ocasião do seu batismo e O deixou quando Ele estava na cruz. Eles não criam que Jesus fosse Deus e homem. O Movimento de Nova Era e a Maçonaria ressuscitaram essa blasfêmia.

6. Isaías 53:6 prediz exatamente o que Jesus Cristo fez por nós na cruz; “O SENHOR fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos.” Glória a Deus!! Somente a sabedoria, a graça e o poder do Deus Todo Poderoso poderia conceber um Plano de Salvação tão gracioso!! A natureza de Deus exige a punição de todo pecado. Ponto final! No entanto, Deus teve um plano por meio do qual um substituto inocente seria punido no lugar do pecador. No Antigo Testamento, Deus permitia que um cordeiro fosse o sacrifício substituto para o pecado; Jesus então se tornou o sacrifício perfeito, para todos os pecados do mundo. Seu sacrifício foi perfeito, nunca precisa ser repetido e salva todas as pessoas em todas as épocas.

Para nascer de novo, você precisa compreender e crer nesse princípio da morte substitutiva de Jesus na cruz do Calvário em seu lugar.

Agora que você compreende essas verdades, e crê nelas, precisa compreender como pode receber esse Dom GRATUITO da vida eterna por meio de Jesus Cristo. Afinal, se eu estivesse tentando lhe dar um presente GRATUITO, esse presente não se tornaria seu se você se recusasse a estender o braço e pegá-lo da minha mão. Você precisa ir até o Senhor Jesus e receber o Dom GRATUITO da Vida Eterna das mãos dEle. Como você faz isso?

Por meio da fé salvadora.

Observe que eu disse fé salvadora. Existem tipos de fés que não o salvarão. Você pode entender intelectualmente os fatos sobre a pessoa de Jesus Cristo, mas essa não é uma fé salvadora. Você pode estar em uma ‘igreja’ ou em uma seita que ensina muitas verdades sobre Jesus Cristo, mas que ensina que você precisa fazer outras coisas para ganhar sua entrada no céu. Essa também não é a fé salvadora.

Fé salvadora é confiar em Jesus Cristo e nEle somente, para sua salvação.

Se você acha que precisa de algo mais do que confiar na obra de Jesus Cristo na cruz, está contrariando Efésios 2:8-9 e Isaías 53:6b. A maioria das seitas e as falsas religiões cristãs erram nesse ponto; acrescentam outras coisas que são “necessárias” para a salvação, ou oferecem um caminho falso para o céu (por exemplo, salvação por meio do batismo).

Você recebe esse maravilhoso Dom GRATUITO de Vida Eterna aceitando-o pela fé salvadora. Essa é a maior história já contada, sobre a maior oferta que já foi feita, pela maior de todas as pessoas que já viveu. Verdadeiramente, somente um Deus sábio e gracioso poderia conceber um plano maravilhoso assim por meio do qual os homens pudessem ter seus pecados perdoados, e obter a vida eterna. Pense nisso! Deus, por sua própria natureza, precisa punir todo pecado, mas como é misericordioso, oferece o Plano da Punição Substitutiva, por meio de Seu Filho Jesus Cristo. Historicamente, chamamos esse plano maravilhoso de Evangelho, ou Boas Novas!!

Quer receber esse Dom da Vida Eterna que Jesus Cristo oferece? Se sua resposta for “Sim”, pode receber imediatamente a vida eterna.

Deixe-me deixar bem claro o que está envolvido. Primeiro, você vai transferir sua confiança, sua esperança de vida eterna do que está fazendo para o que Jesus fez por você na cruz. Jesus removerá seus pecados e transferirá para você a justiça dEle. Isso significa que embora você tenha falhado continuamente em guardar os mandamentos de Deus, e em viver de acordo com Sua palavra, Cristo obedeceu perfeitamente todas essas leis de Deus. Ele viveu uma vida imaculada e pode ser o sacrifício substitutivo perfeito, inocente que Deus aceitou pelos seus pecados e os de todo o mundo, para todos os que aceitarem essa dádiva.

Você deseja arrepender-se de seus pecados agora, e tornar-se um membro responsável da família de Deus para sempre, seguindo-o, servindo-o como membro do corpo de Cristo, a igreja? Se a resposta do seu coração for ‘Sim’, então podemos ir a Ele agora em oração e podemos dizer-lhe que você quer deixar de confiar em qualquer outra coisa, especialmente naquilo que você mesmo tentou fazer para obter a salvação eterna. Você pode colocar sua confiança nEle e nEle somente para sua salvação, recebendo-o agora como seu Salvador pessoal. Antes de orarmos uma oração simples, preciso enfatizar que o Senhor Jesus Cristo está olhando mais para o seu coração do que para seus lábios. Como Ele prometeu, “Buscar-me-eis e me achareis, quando me buscardes de todo vosso coração”.[Jeremias 29:13].

Se for isso que você quer, então o Senhor ouvirá sua oração e lhe dará a vida eterna, agora, na privacidade do seu lar. Vamos orar.

“Pai, peço que concedas o Dom GRATUITO da vida eterna. Que teu Santo Espírito leve esta pessoa até ti. Conceda-lhe a fé para crer nas tuas maravilhosas promessas. Dá-lhe o arrependimento para converter-se dos seus pecados. Revele a ela Jesus Cristo crucificado como o sacrifício substitutivo perfeito.”

O Senhor Jesus Cristo está com você a partir deste momento. Você não está falando com ninguém agora, somente com Ele. Se você realmente quer nascer de novo, entrar na família de Deus por meio de Jesus Cristo, faça esta oração, no seu coração:

“Senhor Jesus, quero receber-te na minha vida e que passes a ter o controle dela. Sou um pecador. Até aqui confiei em mim mesmo e nas minhas boas obras, e em outras coisas. Mas, agora, coloco minha confiança em Ti. Eu Te aceito como meu Salvador pessoal. Creio na Tua morte em meu lugar. Eu Te recebo como Senhor e Mestre da minha vida. Ajude-me a deixar os pecados e a Te seguir. Aceito Tua oferta do Dom GRATUITO da vida eterna. Sou indigno dela, mas agradeço a Tua graça. Amém.”

Agora, permita que eu ore por você. “Pai, ouvistes a oração feita por esta pessoa. Que neste momento silencioso, Teu Santo Espírito lhe dê segurança absoluta da vida eterna; conceda-lhe a certeza que seus pecados estão perdoados. Que ela possa ouvir, no fundo de sua alma, Tua voz dizendo ‘Perdoados estão teus pecados. Vá em paz.’ Que possa ouvir Tua voz dizendo, “Quanto dista o oriente do ocidente, assim afastarei de ti as transgressões, e nunca mais me lembrarei dos teus pecados.” Aquele que crê em Jesus Cristo passou da morte para a vida, não perecerá, mas terá a vida eterna. Oro no nome de Jesus. Amém.” [Salmo 103:12; João 3:16,18, 5:24, paráfrase].

Você acaba de fazer a oração mais importante da sua vida. Se foi sincero nisso, quero que veja o que Jesus diz sobre o que você acaba de fazer. Em João 6:47, Ele diz, “Em verdade, em verdade vos digo, que aquele que crê em mim tem a vida eterna.” Durante sua oração, você não ouviu um coral de anjos ou teve alguma visão; no entanto, por um simples ato de fé, colocou sua confiança para sua salvação eterna em Jesus Cristo.

Fé salvadora é confiar em Jesus Cristo SOMENTE para a sua salvação. Se no seu coração, você concordou com o que seus lábios disseram, tem a promessa de Jesus Cristo que Ele perdoa seus pecados, o adota no Reino dos Céus, e que concede vida eterna nos céus com Ele.

Se isso tudo parece simples e você acha inacreditável que possa ser verdade, a Bíblia garante que é assim mesmo. Ao longo dos séculos, o homem complicou o Plano de Salvação e a maioria das pessoas não sabe o quão simples e descomplicado é esse plano por meio de Jesus Cristo! Se você foi genuíno na sua oração, tem agora a vida eterna e a certeza dela como se já estivesse no céu. Jesus disse que ninguém pode tomar aquele que está em Suas mãos. Não há nada no céu ou na terra que possa tirá-lo de lá!!

Como você pode saber com certeza que nasceu de novo? Não espere uma experiência de “tremor no chão”, porque na maioria dos casos ela vem de uma forma tranqüila, uma sensação de alívio, de ter uma carga removida dos ombros. Você não verá fogos de artifício ou bandas tocando, mas sentirá uma calma maravilhosa no coração. Com o passar do tempo, descobri que um dos melhores indicadores do novo nascimento é uma genuína compreensão da Palavra de Deus. Antes de nascer de novo, o “homem natural” (a pessoa perdida), não pode compreender as Escrituras porque elas se discernem espiritualmente (1 Coríntios 2:14). Na verdade, a Bíblia é uma tolice para essa pessoa. Assim, quando a Palavra de Deus começar a fazer sentido, a falar ao seu coração e a convencê-lo do pecado, esse é um indicador muito bom que você tem o Espírito Santo de Deus habitando em sua vida. O cristão obtém uma nova natureza espiritual por meio do novo nascimento, mas não se liberta da velha natureza pecaminosa com a qual nasceu. Portanto, é vitalmente importante que“cresçamos na graça e no conhecimento de Jesus Cristo.” [2 Pedro 3:18]. Precisamos cooperar com o Espírito Santo durante o tempo em que vivemos rodeados pelo pecado neste mundo. O Espírito Santo literalmente passa a residir dentro de nós quando nascemos de novo e nunca nos deixará ou nos esquecerá.

Outra evidência maravilhosa da salvação genuína encontra-se no “fruto do Espírito” [Gálatas 5:22] que ocorre nas nossas vidas cotidianas à medida que o Espírito Santo opera dentro de nós. A presença dEle será manifesta ao mundo exterior por meio do amor, da alegria, da paz, da longanimidade, da fé, etc. que o mundo verá em nós! A Bíblia diz em Romanos 8:16 que, “O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus.” Em outras palavras, o Espírito Santo que habita dentro de nós nos diz que pertencemos a Deus.

No entanto, há muito mais!! Em Apocalipse 3:20, Jesus prometeu: “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e cearei com ele e ele comigo.” Jesus Cristo acaba de entrar NO SEU CORAÇÃO por meio da atuação do Espírito Santo, para viver nele para o resto da sua vida! É uma grande notícia, pois agora temos o mesmo poder do Espírito Santo que ressuscitou Jesus Cristo dentre os mortos. [Romanos 8:11] Na verdade, recomendo que você leia o Capítulo 8 de Romanos para ver todas as vantagens que temos pelo fato de o Espírito Santo habitar em nós.

A salvação por meio do sangue que Jesus derramou no Calvário lhe dá um relacionamento pessoal e profundo com o Espírito Santo enquanto você viver!! Quando você começar a ler a Bíblia, e especialmente o Novo Testamento, compreenderá a maravilhosa profundidade do relacionamento que pode ter com o Criador! A salvação produz um relacionamento que enriquecerá diariamente sua vida! Você nunca conseguirá acreditar, até que nasça de novo, o tipo de vida que perdeu por tanto tempo!

Se você tomou sua decisão de nascer de novo, escreva e conte-nos, para que possamos lhe dar alguns conselhos práticos sobre como garantir sua crescente maturidade e produtividade no Senhor. Quando nos escrever, coloque “Nascido de Novo” no campo Assunto.

Outro bom artigo que pode ler em nosso site, é Se Você For Novo na Fé Cristã. Ele oferece ótimas diretrizes para você crescer na graça e no conhecimento do Senhor Jesus Cristo.

Nós o amamos no Senhor. Ore por este ministério, que procura alertar as pessoas no mundo inteiro acerca da Nova Ordem Mundial. Precisamos das suas orações, pois Satanás está nos atacando fortemente.

Por causa do amor de Jesus Cristo por nós no Calvário,

David Bay, diretor da Cutting Edge Ministries

Envie sua mensagem de correio eletrônico para jeremias@espada.eti.br.

Que Deus o abençoe.

Texto revisado por: V. D. M. — Campo Grande / MS
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/salvacao.asp

FONTE: http://salvacao.wordpress.com/page/6/

wallpaper pra você.






Clique na imagem e você terá o tamanho original para o seu desktop.
















































Clique na imagem e você terá o tamanho original para o seu desktop.