terça-feira, 28 de junho de 2011

Grande Amor

Grande amor,
Ó grande amor
É o amor de Deus
Este amor, que habita em mim
Pela fé em Deus

Como posso compreender
A grandeza do amor de Deus
Que profundo é este grande amor
Que preenche todo o meu ser

Grande amor
É o amor de Deus
Que exede todo saber
Ó que sublime
Não posso compreender
Porque me amou sem merecer.

Quando tudo parece acabar
E a esperança desvanecer
Quando a fé parece naufragar
E o dia escurecer

Mesmo assim confio neste amor
Que é mais forte que a própria morte
As muitas águas não podem apagar
Nem os rios o afogarão

Grande amor
É o amor de Deus
Que exede todo saber
Ó que sublime
Não posso compreender
Porque me amou sem merecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário