quinta-feira, 28 de julho de 2011

Salvação é liberdade! – John Stott




Salvação é liberdade... Ela inclui liberdade do justo julgamento de Deus por nossos pecados, liberdade dos aguilhões do pecado, liberdade do mundo que jaz no maligno, liberdade para sermos santos, liberdade de nossa culpa e de nossa consciência culpada para que entremos em um novo relacionamento com ele no qual nos tornamos filhos reconciliados, perdoados e o reconhecemos como nosso Pai.

É a liberdade da prisão amarga da mente niilista para alcançarmos um novo sentido de propósito na nova sociedade de amor, de Deus, na qual os últimos serão os primeiros; os pobres, ricos; e os humildes, herdeiros. E a liberdade da obscura prisão de nosso egocentrismo para uma nova vida de auto-realização mediante o serviço abnegado.

E, um dia, ela incluirá a liberdade da futilidade da dor, da decadência, da morte e da dissolução para conquistarmos um novo mundo de imortalidade, beleza e alegria inimagináveis. Tudo isso — e muito mais! — é "salvação".

http://www.fidesreformata.com/2011/07/salvacao-e-liberdade-john-stott.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário